A EDUCAÇÃO COMO ESPAÇO DE SUPERAÇÃO DE “INDIFERENÇA E DISCRIMINAÇÃO SOCIAL”: ARGUMENTAÇÃO E IDENTIDADES EM DEPOIMENTO DE UMA PROFESSORA UNIVERSITÁRIA

Gilton Sampaio de Sousa, Maria do Socorro Cordeiro de Sousa, Marília Cavalcante de Freitas Moreira

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar e interpretar elementos do processo argumentativo do discurso de uma professora universitária, levando em consideração aspectos da constituição de sua identidade como cidadã, como aluna e profissional de uma instituição de ensino superior. O corpus é constituído por um depoimento escrito, no qual estão presentes elementos pertinentes a sua formação acadêmica, crescimento pessoal e atuação profissional. O aporte teórico advém da Nova Retórica, de estudos ligados à argumentação no discurso e da relação identidade e cidadania. Os resultados apontam que, no discurso analisado, há uma relação de causa e efeito entre formação educacional no ensino superior e melhoria da qualidade de vida. Para defender a tese e os argumentos centrais de seu discurso, a professora faz uso, sobretudo, de argumentos baseados na estrutura do real, nos quais o acesso à educação superior se configura como principal causa para o enfrentamento da pobreza e da discriminação social.

Palavras-chave


Argumentação. Identidade. Educação Superior. Transformação Social.

Texto completo:

PDF


ISSN 1676-9570 (impresso - ENCERRADO)

ISSN 2178-437X (eletrônico)

Licença Creative Commons
O trabalho identidade! de http://www.est.edu.br/periodicos/index.php/identidade foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada

 


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400