Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Coisas do Gênero: Revista de Estudos Feministas em Teologia e Religião?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores e Autoras

A revista aceita textos (artigos e resenhas) no formato do Microsoft Word 2003 ou 2007 (extensão .doc ou .docx) de discentes e docentes vinculados e vinculadas a núcleos e grupos de pesquisa de programas de pós-graduação dentro do âmbito das áreas das ciências humanas e das ciências sociais e afins, desde que a temática esteja vinculada com Gênero, Feminismos e Diversidade Sexual. Os textos devem ser submetidos pelo portal da revista mediante cadastro e criação de login e senha.

Serão aceitos textos redigidos em português e espanhol, devendo primar por uma linguagem clara, fluente e inclusiva de gênero e obedecer às normas ortográficas vigentes no país de origem.

Artigos deverão ter preferencialmente um autor ou autora, permitindo artigos com até três autores e autoras (máximo). Resenhas deverão ter obrigatoriamente apenas um autor ou autora, bem como os relatos de experiências.

Quando forem utilizadas imagens, os autores e autoras deverão estar conscientes de que a utilização das mesmas pode implicar na busca de uma declaração ou autorização de uso, sendo isso de responsabilidade da autora ou autor do texto.

Os textos não deverão exceder 15 páginas (incluída a lista de referências) para artigos científicos e 4 páginas para resenhas e deverão seguir as seguintes especificações de configuração:

  • O layout de página deverá estar configurado em papel A4, com as margens superior e esquerda definidas em 2 cm e as margens inferior e direta em 2 cm.
  • Os textos deverão utilizar fonte Arial em tamanho 11pt, com espacejamento entrelinhas de 1,5 e recuo de 1,5 cm na primeira linha nos parágrafos.
  • O conteúdo do texto deve ser dividido em tópicos e, eventualmente, subtópicos não numerados, em negrito, sem recuo de primeira linha, espacejamento entrelinhas de 1,5, 12pt antes e 6pt depois. Os tópicos do desenvolvimento são de livre atribuição nominal do autor ou autora e devem ser obrigatoriamente antecedidos pela introdução e seguidos pelas considerações finais e a lista de referências.
  • Todas as indicações de referências utilizadas no corpo do texto deverão vir em nota de rodapé no sistema autor-data de acordo com a norma NBR 10.520. A primeira referência de determinada obra deverá vir completa e as seguintes utilizarão o modelo SOBRENOME, ANO, PÁGINA. Não deverão ser utilizadas expressões latinas tais como idemibidemopus citatum em caso de repetição de referência. Exemplo:
_________________
1 MUSSKOPF, André S. Via(da)gens teológicas - Itinerários para uma teologia queer no Brasil. São Paulo: Fonte Editorial, 2012.
2 MUSSKOPF, 2012, p. 37.
3 GIORDANO, Alessandra. Contar histórias: um recurso arteterapêutico de transformação e cura. São Paulo: Artes Médicas, 2007. p. 73.
4  GIORDANO, 2007, p. 12.
5 GIORDANO, 2007, p. 13ss.

  • Citações diretas: As citações diretas de até 3 (três) linhas deverão estar no corpo do texto entre aspas (""), acompanhando a configuração dos parágrafos. As citações diretas com mais de 3 (três) linhas deverão ser apresentadas em paragrafação especial: recuo esquerdo de 4 cm, sem recuo de primeira linha, em espacejamento entrelinhas simples, espacejamento entre parágrafos no modo automático, fonte Arial tamanho 10pt, sem a utilização de aspas no início e no final da citação.
  • A lista de referências deverá seguir a seguinte formatação:  espacejamento entrelinhas simples, alinhamento à esquerda, espacejamento entre parágrafos no modo automático. Somente deverão ser listadas as referências que foram efetivamente indicadas no corpo do texto.
  • Tabelas, gráficos, quadros e figuras deverão seguir as orientações da NBR 6029. Estes elementos deverão estar inseridos no corpo do texto.
  • Transcrições de entrevistas: recuo esquerdo de 2 cm, sem recuo de primeira linha, em espacejamento entrelinhas simples, fonte Arial tamanho 10pt, com aspas e em itálico:

“Os maiores desafios para quem estão maduros e quer fazer a obra e a forma como estamos inseridos no sistema, que não abre espaço para desenvolver um trabalho conforme entendemos se estamos sob o comando de líderes, somos direcionados por eles, então o maior desafio é ficar apenas com o nome pastora” (Entrevistada, 58 anos, e 51 anos como membro da Congregação).

 

  • Demais questões seguirão as especificações da ABNT.

 

- A primeira página deve conter obrigatoriamente os seguintes itens:

  • Título em português, centralizado, negrito, com fonte Arial tamanho 14pt.
  • Título em inglês, centralizado, com fonte Arial tamanho 11pt.
  • Nome do(s) autor(es) ou autora(s) no canto direito, seguido de uma nota de apresentação no rodapé em asterisco (*). Esta nota de apresentação deverá conter os seguintes itens: Nome completo. Titulação. Vinculação Institucional. E-mail para contato.
  • Um resumo de 100 a 250 palavras, seguindo as regras gerais de apresentação dispostas na NBR 6028, acompanhado de três a cinco palavras-chave que representem o conteúdo do texto.
  • Tradução em língua estrangeira (inglês) do resumo (Abstract) e das respectivas palavras-chave (Keywords)
  • O resumo e as palavras-chave (assim como o abstract e as keywords) deverão ser separadas por um espaço simples da indicação de autoria e entre si e deverão utilizar espacejamento entrelinhas simples, sem recuo de primeira linha e fonte Arial tamanho 11pt.

 

- Exemplos de indicação de referências:

Observação: As indicações não exemplificadas aqui seguirão as especificações propostas pela NBR 6023.

 

Livro:

GEBARA, Ivone. O que é teologia feminista. São Paulo: Brasiliense, 2007.

HIERRO, Graciella. De la domesticación a la educación de las Mexicanas. Torres Asociados, 2007.

WOOLF, Virginia. Un cuarto próprio. Cidade do Mexico: Colofon, 2012.

 

Artigo:

BLASI, Marcia . Questões de Gênero e a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil. Estudos Teológicos, vol. 49. p. 222-240, 2009.

MUSSKOPF, A. S. . El hijo pródigo y los hombres gays - Una relectura de Lucas 15,11-32, en la perspectiva de las teorías de género y de sexualidad. Ribla. In: Revista de Interpretación Biblica Latinoamericana, vol. 56. p. 98-110, 2007.

NEUENFELDT, Eliane.  Práticas e experiências religiosas de mulheres no Antigo Testamento: considerações metodológicas. Disponível em: <http://www3.est.edu.br/publicacoes/estudos_teologicos/vol4601_2006/et2006-1f_eneuenfeldt.pdf>.  Acesso em: 23 out 2012.

 

Capítulo de livro:

GEBARA, Ivone. As epistemologias teológicas e suas consequências. In: NEUENFELDT, Eliane; BERGSCH, Karen; PARLOW, Mara (Org.). Epistemologia, violência, sexualidade: olhares do II Congresso Latino-Americano de Gênero e Religião. São Leopoldo: Sinodal, 2008.

PEREIRA, Nancy Cardoso. O papel é paciente, a história não é: cotidiano sagrado, educação e diversidade religiosa no Brasil. In: OLIVEIRA, Lilian, CECCHETTI, Elcio, CESARO, Rosa Assunta de.(Org.). Cultura e Diversidade Religiosa na América Latina - Pesquisas e perspectivas pedagógicas. Blunemau: Edifurb, 2009.

 

Trabalhos em eventos científicos:

BRÍGIDO, Maria Aparecida da Silveira. Depressão e Alcoolismo Feminino. In: VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ACONSELHAMENTO E PSICOLOGIA PASTORAL, 7., 2011, São Leopoldo. Anais do VII Simpósio Internacional de Aconselhamento e Psicologia Pastoral. Organizado por Rafael Rodrigues, Joel Dumke e Karin H. K. Wondracek. São Leopoldo: EST, 2011. p.63-68. (CD-ROM)

PERFEITO, Alba Maria. Leitura e análise lingüística: Editoriais. In: CELLI - Colóquio de Estudos Linguísticos e Literários. 3, 2007, Maringá. Anais CELLI, Maringá, 2009. p. 1112-1124. Disponível em: <http://www.ple.uem.br/3celli_anais/trabalhos/estudos_linguisticos/pfd_linguisticos/005.pdf>. Acesso em: 24 set 2011.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".

  2. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB).

  3. URLs para as referências foram informadas quando necessário.

  4. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.
  5. O texto está em espaçamento entre linhas 1,5; usa uma fonte de 11-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento, como anexos.

  6. Todas as indicações de referências utilizadas no corpo do texto estão em nota de rodapé no sistema autor-data de acordo com a norma NBR 10.520, sendo a primeira referência de determinada obra completa e as seguintes de acordo com o modelo SOBRENOME, ANO, PÁGINA.

  7. A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação Cega por Pares.
 

Declaração de Direito Autoral

Estou ciente de que, através da submissão voluntária de meu texto ao corpo editorial da revista COISAS DE GÊNERO, editada pela Faculdades EST, razão social ISAEC – Escola Superior de Teologia, estou concedendo à mesma a autorização de publicar o respectivo texto na revista a título não oneroso e declarando a originalidade do texto e sua não submissão simultânea a qualquer outro periódico, em meu nome e em nome dos/as demais co-autores/as, se eventualmente existirem. Reitero que permaneço como legítimo/a titular de todos os direitos patrimoniais que me são inerentes na condição de autor/a. Comprometo-me também a não submeter este mesmo texto a qualquer outro periódico no prazo de, pelo menos, um (1) ano a partir da data de publicação do texto. Declaro estar ciente de que a não observância deste compromisso acarretará em infração e consequente punição tal como prevista na Lei Brasileira de Proteção de Direitos Autorias (Nº9609, de 19/02/98).

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.