LUTA DOS DESCENDENTES DA ÚLTIMA GERAÇÃO DE ESCRAVIZADOS PARA PRESERVAR A TERRA NO BAIXO SUL DA BAHIA (1950-1985)

Enio José da Costa Brito

Resumo


O problema da terra ao longo da história do país tem sido uma constante. Problema que nunca vem só mas compõe uma trilogia: terra, trabalho e teto. O Brasil tem se recusado a encarrar de frente esta questão tão fundamental no âmbito dos direitos humanos. Recusa sistemática que motivou a deposição do presidente Jango Goulart. Prolongando, assim, o sofrimento de milhões de brasileiros. O presente artigo comenta a tese-denúncia de Egnaldo Rocha da Silva, que analisa as disputas de terra no Baixo Sul da Bahia entre 1950 e 1985.


Palavras-chave


Campesinato negro, Conflito agrário, Pós-abolição, Lei da Terra, História Oral.

Texto completo:

PDF


ISSN 1676-9570 (impresso - ENCERRADO)

ISSN 2178-437X (eletrônico)

Licença Creative Commons
O trabalho identidade! de http://www.est.edu.br/periodicos/index.php/identidade foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada

 


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400