ORGANIZAÇÕES SOCIAIS E AFIRMAÇÃO NEGRA BRASILEIRA (1888 – 1978)

Arilson dos Santos Gomes

Resumo


O trabalho intenta problematizar, por meio de bibliografia pertinente e de fontes impressas, as tensões sociais enfrentadas pelos afrodescendentes no período imediato ao pós-abolição no Brasil até o final de década de 1970. Nesses contextos, o protagonismo das organizações sociais e dos indivíduos, negros e negras, foram fundamentais para a reivindicação de seus direitos e para a afirmação de suas identidades, antes estigmatizadas. Destaca-se que a educação e a produção de conhecimento foram consideradas, pelas principais lideranças desses movimentos, como ferramentas principais para a inserção cultural, social e política das populações representadas.


Palavras-chave


Abolição. Organizações sociais. Identidade negra.

Texto completo:

PDF


ISSN 1676-9570 (impresso - ENCERRADO)

ISSN 2178-437X (eletrônico)

Licença Creative Commons
O trabalho identidade! de http://www.est.edu.br/periodicos/index.php/identidade foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada

 


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400