O IMPERADOR HAILE SELASSIE I E O MOVIMENTO RASTAFÁRI NA ETIÓPIA: ANÁLISE DO DISCURSO NA LIGA DAS NAÇÕES EM 1936 E DE MACUS GARVEY NO JORNAL THE BLACKMAN

Alessandro Martins Gomes

Resumo


A proposta do artigo é fazer a análise do discurso do imperador Haile Salassie I proferido na Liga das Nações em 1936 e o movimento Rastafári, sobretudo nos contextos físico, psicológico, cultural, histórico e político, e, também, analisar seus agentes e ideologia de base; e também o discurso de Marcus Garvey publicado no jornal The Blackman. A proposta é retomar a origem desses dois recursos como forma de tentativa de mudança no cenário da história da Etiópia, uma vez que, independentemente do que ocorresse, os africanos sempre iram lutar pela África. Serão apresentados os dados peculiares, os componentes envolvidos e os diversos contextos a serem analisados dentro do discurso de Haile Salassie I e sua relação com a origem do Rastafarianismo ou Movimento Rastafári, e, também, a ideologia que se baseia Marcus Garvey em sua relação com Haile Salassie I. A pesquisa é de revisão bibliográfica baseada no discurso oral de Haile Salassie I e do artigo publicado por Marcus Garvey no jornal The Blackman. A relevância da pesquisa está na luta de algumas das diversas figuras importantes que passaram pela história da África, mais especificamente pelo povo da Etiópia na luta por uma nação mais justa. Concluímos assim, com a importância dos referidos discursos para a historiografia da África, e mais especificamente da história da Etiópia.

Palavras-chave


Etiópia; Movimento Rastafári; Haile Selassie I; Marcus Garvey

Texto completo:

PDF


ISSN 1676-9570 (impresso - ENCERRADO)

ISSN 2178-437X (eletrônico)

Licença Creative Commons
O trabalho identidade! de http://www.est.edu.br/periodicos/index.php/identidade foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada

 


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400