Fé versus ganância: uma reflexão sobre o pensamento econômico de Lutero e suas implicações para igreja e teologia no Brasil

Ricardo W. Rieth

Resumo


A reflexão sobre temas econômicos não é um componente marginal no âmbito do pensamento de Lutero. Ele via a “ganância” influenciando o comportamento injusto das pessoas — quando estas atuavam na produção e intercâmbio de riquezas — e perpassando as estruturas econômicas de seu tempo. O reformador contrapunha a “ganância” à fé; via-a gerando idolatria e destruindo boas obras. Depois de ressaltar a relevância dessas idéias para os/as cristãos/ãs na América Latina, o autor aborda algumas implicações da crítica econômica de Lutero para as comunidades luteranas no Brasil.

Palavras-chave


Economia; Martim Lutero; Teologia latino-americana; Ganância

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v33i2.938

Direitos autorais



 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400