As possibilidades de uma ética cidadã a partir do mundo do trabalho: as fundamentações absolutas da liberdade em Lutero e Kant

Evaldo Luis Pauly

Resumo


Hoje, a fundamentação da liberdade é a questão crucial da Filosofia da Educação. Desde onde e de que forma é razoável fundamentar a educação para a democracia? As fundamentações da liberdade propostas por Lutero e por Kant, relidas sob a ótica do chão-de-fábrica, mostram as possibilidades de responder a tal dilema ético-pedagógico. Este artigo propõe que talvez a liberdade como fundamento da lei moral (Kant) e a teologia da cruz como fundamento das boas obras da fé (Lutero) possam fundamentar a educação para a democracia.

Palavras-chave


Liberdade; Trabalho; Ética; Democracia; Kant; Lutero

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v40i3.698

Direitos autorais



 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400