Luteranos em casa, na igreja e na política: relatório de pesquisa

Oneide Bobsin

Resumo


Não temos acesso à realidade se não pela construção social interessada que fazemos dela. Por isso, jamais conseguimos fotografá-la, congelando-a. Lembrando a imagem do espelho embaçado dos tempos do apóstolo Paulo, podemos dizer que sempre vemos em parte. O/a leitor/a está diante de um resultado de exercício de pesquisa social feito por estudantes do Seminário de Aprofundamento Teológico sobre Antropologia do Protestantismo Brasileiro, da Faculdade de Teologia da EST. O questionário que serviu de técnica para colher os dados pergunta por dados de identificação, forma de ingresso na IECLB, obrigações familiares, aborto, questões teológicas, comunhão e exclusão e, por fim, participação cívica e sociopolítica. Os dados são apresentados na mesma estrutura do questionário, seguido de comparações com uma pesquisa realizada pelo ISER entre evangélicos no Rio de Janeiro. Os resultados são surpreendentes.

Palavras-chave


Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil; Pesquisa social; Igreja Luterana; Brasil

Texto completo:

PDF - Artigo PDF - Errata


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v41i1.642

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400