Um canto afro de libertação

José Geraldo Rocha

Resumo


Dentre tantos dons doados por Deus à comunidade negra, o cantar tornou-se uma forma de proclamar a esperança que persiste em meio aos pobres. A refl exão proporcionada pela Teologia da Libertação no continente latino-americano foi decisiva na descoberta dos pobres como sujeitos do processo histórico. Nesse contexto, a comunidade negra passou a se compreender como portadora da Boa Notícia do Reino. Essa experiência teológica modifi cou o modo da presença negra no cotidiano eclesial. Dentre tantas formas de expressar o Deus com rosto de negros e negras encontradas pelos grupos negros, o canto tornou-se efetivamente um modo de proclamar a libertação, na certeza de que o Deus dos pobres ouve o clamor dos negros. O presente artigo nasce de análise das letras de algumas músicas compostas e cantadas pelos grupos de Agentes de Pastoral Negros nas comunidades eclesiais. Foram músicas que impulsionaram a caminhada eclesial, ao mesmo tempo em que deram visibilidade à presença do negro na igreja.

Palavras-chave


Canto; Negro, Deus

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v53i1.549

Direitos autorais



 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400