Igrejas e ecumenismo: uma relação identitária

Elias Wolff

Resumo


O artigo defende a tese de uma relação de identidade autêntica entre o ecumenismo e as igrejas, apesar de mostrar plena ciência de vários entraves práticos e institucionais que apresentam a tendência de separação e tensões entre as duas grandezas. Diante das dificuldades que as igrejas costumam apresentar frente ao movimento ecumênico, o autor propõe, concretamente, três desafios para estreitar os vínculos entre ambos, concluindo com a apresentação de alguns passos que deverão nortear o caminhar ecumênico das igrejas.

Palavras-chave


Unidade cristã; Ecumenismo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v45i2.537

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400