Leonardo Boff como teólogo protestante?: um balanço pessoal

Hermann Brandt

Resumo


Este balanço pessoal relata sobre os impulsos que o autor recebeu, desde 1971, de Leonardo Boff e de sua obra. O fio vermelho da apreciação e da crítica é a pergunta se e em que sentido Leonardo Boff é um teólogo também protestante. Por isso, o artigo reflete histórico-sistematicamente sobre o significado e as implicações do conceito “protestantismo”. Perante esse pano de fundo, Leonardo Boff é visto como um católico supraconfessional e transreligioso; nesse “supra” e nesse “trans” estão incluídos também seus traços protestantes.


Palavras-chave


Leonardo Boff; Protestantismo, Recepção da Teologia da Libertação na Europa

Texto completo:

pdf


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v48i2.386

Direitos autorais



 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400