Estética da recepção e métodos histórico-críticos: o texto da perspectiva do leitor

José Adriano Filho

Resumo


A estética da recepção representa um desafio para a pesquisa histórico-crítica da Bíblia, dominada pelas questões sobre as origens e história do texto. Este artigo procura demonstrar como, no final da década de 1960, com a estética da recepção ocorreu um deslocamento ao leitor no processo de interpretação dos textos literários. Os estudos de recepção, ao distanciarem-se dos paradigmas de interpretação da obra literária anteriores e proporem uma reflexão que enfatiza o receptor, o leitor, possibilitaram uma nova orientação aos estudos literários. As teorias estéticas anteriores, em geral, centralizavam-se mais na reconstrução histórica do texto bíblico, menos na história da interpretação e dos efeitos do texto. A contribuição da estética da recepção representa um dos esforços teóricos mais originais sobre a questão da leitura, entendida como uma prática cultural que se desenvolve a partir da interação entre a subjetividade de cada leitor e seu lugar social.


Palavras-chave


Estética da Recepção; Métodos histórico-críticos; Horizonte de Expectativas; Receptor;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v59i2.3767

Direitos autorais 2019 José Adriano Filho

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400