Anotações sobre a água da vida no Apocalipse: mensagem de vida em um mundo de morte

C Motta Rios

Resumo


Apresento um estudo da expressão “água da vida” no Apocalipse. Analiso cada uma das quatro ocorrências do sintagma, organizando-as em dois pares. De um lado, duas ocorrências que colocam a doação/recepção da água da vida como algo a se realizar no devir escatológico. De outro lado, duas ocorrências que inserem essa doação/recepção no âmbito presente da comunidade leitora/ouvinte do Apocalipse. O estudo tem aspecto comparativo, levando em conta as ocorrências de expressão semelhante no Evangelho segundo João, a saber, “água viva”. A conclusão indica que “água da vida” no Apocalipse tem um duplo aspecto. A imagem é utilizada para se assegurar a realidade de uma vida além da morte, que tanto espreita os primeiros receptores do texto. E é também utilizada como forma de se referir a uma doação já em realização, que torna possível a esperança daquela outra, no futuro.


Palavras-chave


Apocalipse; Água da Vida; João; Escatologia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v59i2.3534

Direitos autorais 2019 C Motta Rios

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400