A variação de modelos mentais: o conhecimento de cenas do cotidiano como ponto de partida do trabalho de pregação

Jan Hermelink

Resumo


Pressupondo que a prédica é (também) um texto literário que opera com recursos estéticos, a referência da prédica à situação ou ao mundo pode ser descrita e articulada com recursos da ciência literária. Retomando a linguística textual, este artigo pergunta a respeito dos chamados modelos mentais: processos, cenas e constelações típicas conhecidas a partir do universo do cotidiano que são evocados, concretizados, mas também sempre variados por um texto concreto – portanto também por uma prédica. Ele expõe a interação do texto concreto e seu modelo mental com base em uma prédica exemplar do autor e aponta pistas para a estruturação de uma prédica correspondente a essa interação: como variação criativa de modelos mentais que podem ser encontrados a partir do texto bíblico de referência e/ou da realidade dos ouvintes.

Palavras-chave


Imagens na prédica; Análise da prédica; Situação homilética; Promessa;

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v57i2.3099

Direitos autorais 2017 Jan Hermelink

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400