A identidade judaica e suas fronteiras no relato de Hecateu de Abdera

Willibaldo Ruppenthal Neto, Renan Frighetto

Resumo


O presente artigo visa apresentar o relato de Hecateu de Abdera a respeito dos judeus, preservado em uma citação de Diodoro Sículo (Bibliotheca Historica, 40.3) e conservado por Fócio (Bibliotheca, 244), enfatizando a identidade judaica e suas fronteiras apresentadas neste, evidenciando não somente a caracterização grega dos judeus como ainda as transformações dentro da própria identidade judaica durante o período helenístico. Mediante a tradução e análise do referido relato, podem-se perceber elementos da cultura judaica que foram ressaltados por parte do autor grego que não eram tão presentes na autoconcepção judaica (a exemplo da educação militarizada), enquanto outros elementos como o sábado, a circuncisão e a monarquia, tão valorizados como marca identitária pelos próprios judeus, se encontram ausentes no relato.


Palavras-chave


Hecateu de Abdera; Mundo helenístico; Judaísmo

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v58i1.3033

Direitos autorais 2018 Willibaldo Ruppenthal Neto, Renan Frighetto

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400