Hermenêutica do Espírito: A leitura bíblica na Reforma radical

Kenner Roger Cazotto Terra, David Mesquiati de Oliveira

Resumo


Este texto refl ete sobre os insights da Reforma Radical sobre a leitura da Bíblia como parte da grande Reforma da igreja cristã. Esse patrimônio nem sempre foi valorizado, seja porque foi invisibilizado por falta de pesquisas (política), por ser o tema considerado não relevante (opção teológica), porque esses grupos foram estigmatizados como cismáticos e sectários (leitura parcial) ou por ignorância. Contudo, desde o século XX renovou-se a pesquisa sobre esses grupos, bem como houve um amadurecimento ecumênico na
convivência entre as diferentes igrejas oriundas dos diversos ramos da Reforma, que permite uma aproximação mais positiva a esses sujeitos e movimentos históricos. O texto aponta que a forma como a Reforma Radical lia as Escrituras não pode ser preterida e relegada como algo ultrapassada, mas deveria ser revisitada e refl etida de forma mais acurada.


Palavras-chave


Reforma Radical; Espiritualistas; Leitura bíblica; Pneumatologia.

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v57i1.2988

Direitos autorais 2017 David Mesquiati de Oliveira, Kenner Roger Cazotto Terra

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400