Teologia política da Reforma: Calvino, Calvinistas e revolucionários

Wanderley Pereira da Rosa

Resumo


O texto apresenta a evolução da teoria política do reformador João Calvino, de uma visão subserviente ao Estado, mesmo que tirânico, até a possibilidade da resistência armada, liderada pelos magistrados inferiores em caso de grave ameaça à fé. Coube aos calvinistas ingleses e escoceses romper esses limites, advogando a possibilidade de resistência popular, uma vez que o poder dos governantes tem sua origem no povo. O caminho percorrido passou pelas guerras religiosas que assolaram a Europa nos séculos XVI e XVII, os movimentos populares na Inglaterra (XVII) e a defesa pela tolerância religiosa. A partir de bases teológicas, as teorias políticas secularizaram-se e se tornaram o fundamento das modernas democracias.


Palavras-chave


Teologia Política; protestantismo e democracia; calvinismo e política;

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v57i2.2982

Direitos autorais 2017 Wanderley Pereira da Rosa

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400