Elementos da Nova Perspectiva sobre Paulo a partir de representantes clássicos

Werner Wiese

Resumo


As cartas do apóstolo Paulo constituem um desafio. Sua recepção não foi consensual. Porém, a ocupação com elas cativou e impactou pessoas a ponto de se tornarem personagens cuja interpretação de Paulo se impôs e marcou decisivamente a história da teologia e igreja. Martim Lutero foi um exemplo clássico disso. Ocupando-se intensivamente com as cartas de Paulo aos Gálatas e Romanos, Lutero achou a chave hermenêutica para compreender a justiça de Deus como justifi cação do pecador somente pela fé em oposição às obras. Exceções e variações à parte, essa compreensão de justiça de Deus foi determinante para a exegese protestante posterior, e no “ocidente cristão” influenciou fortemente a compreensão do judaísmo como religião meramente legalista, à qual Paulo se opôs com veemência em suas cartas. Dos anos de 1960 em diante, surgiu uma nova leitura de Paulo e do judaísmo de seu tempo. Ela tornou-se conhecida como nova perspectiva sobre Paulo. Nela, questiona-se principalmente a exegese alemã. Isso causou reações materializadas em rica produção literária que não pode mais ser ignorada na pesquisa acadêmica sobre Paulo e o judaísmo. O presente artigo destaca, sobretudo, aspectos do debate da nova perspectiva sobre Paulo no contexto da exegese alemã. Para tal, os nomes de Stendahl, Sanders e Dunn são referência básica.


Palavras-chave


Judaísmo. Nomismo da Aliança. Obras da Lei. Justificação. Salvação.

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v57i1.2722

Direitos autorais 2017 Werner Wiese

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400