Treme, terra! Análise retórica do Salmo 114

Osvaldo Luiz Ribeiro

Resumo


O texto do Salmo 114 foi traduzido pelo pesquisador e a ele foram aplicadas técnicas de análise retórica, concentrando o esforço exegético na determinação do significado de determinados indícios textuais, interpretados como marcas retóricas para a interpretação do sentido com que o salmo foi composto. O resultado é a leitura do salmo como uma composição que fixa na forma plástica e retórica de uma poesia hebraica a crise teológica experimentada pelo salmista, aquém de seu horizonte de solução, caracterizada provavelmente pelo prolongamento de um episódio de seca. A chave da interpretação retórica ensaiada é a assunção de que, no horizonte de composição, a terra seja flagrada em inércia, razão que explica o fato de o salmista dirigir-se a ela por meio de um imperativo. Em chave retórica, a terra parada representa a seca sem solução.

Palavras-chave


Salmo 114; análise retórica; paradigma indiciário; exegese; êxodo;

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v57i2.2705

Direitos autorais 2017 Osvaldo Luiz Ribeiro

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400