A líder dos Mucker na narrativa jesuítica de Ambrósio Schupp e a produção de uma memória sobre a personagem central do conflito

Daniel Luciano Gevehr

Resumo


O artigo analisa o contexto e as condições em que foram produzidos os primeiros registros historiográficos sobre a atuação da líder do conflito Mucker, Jacobina Mentz Maurer. Privilegiamos a análise da obra "Os Muckers", produzida no final do século XIX pelo padre jesuíta alemão Ambrósio Schupp, que chegou no Brasil em 1874, quando o conflito chegava ao fim. Buscamos compreender como a líder dos Mucker foi alvo de interpretações por parte de Schupp e como esse acabou difundindo uma determinada visão sobre Jacobina.

Palavras-chave


Jacobina; Ambrósio Schupp; Representação Social

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v52i1.257

Direitos autorais



 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400