“O Princípio Responsabilidade” em Hans Jonas: uma provocação à reflexão teológica

Waldir Souza

Resumo


A ética da tecnologia não deve ser considerada simplesmente em função da fase aplicativa, de saber-poder, mas também em sua fase elucidativa. Dessa maneira a tecnologia exige ser iluminada e ter sua referência numa antropologia global, que contemple outras dimensões do ser humano. O pensamento de Hans Jonas – “O  Princípio Responsabilidade”, provoca a analisar o impacto dos avanços da tecnociência, da biotecnociência diante do novo agir humano e para tanto sugere uma reflexão teológica enquanto liberdade, pecado e graça.

Palavras-chave


Teologia; Bioética; Responsabilidade; Hans Jonas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v51i1.177

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400