Pastorado desejante

Evaldo Luis Pauly

Resumo


A consciência do conflito varia, no texto de Evaldo Pauly, de pastor/a para pastor/a, pois no íntimo de cada um/a o desejo é levado à tona ou reprimido. Esta dimensão do desejo perfaz o centro das colocações do autor. São vários os conflitos daí resultantes. Evaldo aborda-os em relação ao uso do talar, às mediações dos sacramentos e palavra, ao trabalho em pastorados tradicionais e alternativos, etc. O estudo contém teses bastante provocativas, dentre as quais adiantamos duas: "Pastor que quer um pastorado alternativo porque não gosta de tradicional é um tremendo opressor. Quer o privilégio de só fazer o que lhe dá prazer. Esse privilégio é da minoria opressora"; "O que muda a cabeça é a prática das mãos refletida pela cabeça. A cabeça só muda pela compreensão da prática das mãos".

Palavras-chave


Pastorado na Igreja Luterana

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/et.v28i3.1167

Direitos autorais



 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 0101-3130 (impresso) ISSN 2237-6461 (eletrônico)


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400