Valorização dos Estudos Culturais no Brasil a partir das influências inglesas

Fábio Teixeira Lima, Ezequiel Souza

Resumo


Este artigo procura apresentar e discutir as influências inglesas com a nova disciplina sobre os estudos culturais para o Brasil, partindo do pressuposto de seus idealizadores, os estudiosos Richard Hoggart, Raymond Williams e E. P. Thompson, com o objetivo de realizar uma análise histórica e reflexiva a respeito da dinâmica cultural e suas correlações com diversas áreas das ciências humanas, relacionadas com a própria existência e convivência do homem, enquanto ser social, dentro do processo de colonização e civilização, essa nova metodologia foi bastante importante para o Brasil, pela valorização dos argumentos dos autores clássicos da historiografia brasileira.

Palavras-chave


Influências; Estudos Culturais; Brasil; Historiografia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v44i1.3318

Direitos autorais 2018 Protestantismo em Revista

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400