Pastoral Popular Luterana: O Testemunho de uma Prática

Flavio Schmitt

Resumo


A migração é parte da caminhada de povos e culturas. Em geral, migrantes são portadores de crenças e costumes. Ao partir levam consigo valores, tradições e crenças. Com os migrantes que deram origem à igreja luterana no Brasil não foi diferente. Além dos elementos culturais trazidos da Europa, ao se deslocarem dentro do território brasileiro carregam consigo os elementos trazidos do estrangeiro e os agregados na nova pátria. Desta amálgama de valores, tradições e crenças vividas em diferentes contextos e desafios, brotam novas possibilidades e iniciativas. É este o cenário que dá origem à Pastoral Popular Luterana. Trata-se de uma iniciativa protagonizada majoritariamente por descendentes de imigrantes, vinculados à igreja luterana, e que procuram fazer frente aos desafios de um tempo particular. Este artigo trata da presença e atuação da Pastoral Popular Luterana no Oeste do Estado do Paraná, na década de 1980. Tem o propósito de tematizar a tarefa pastoral da igreja e fazer memória de uma prática. 


Palavras-chave


Pastoral Popular Luterana. Migração. Testemunho. Igreja. Movimento Popular.

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v43i01.2867


Direitos autorais 2017 Protestantismo em Revista

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400