João Calvino e a reforma do século XVI: educação para os pobres

Almir Paulo dos Santos, Vanessa Raquel Corrêa Dãun

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar as elaborações educacionais propostas e concretizadas por João Calvino, inseridas no movimento reformador do século XVI, verificando como o reformador francês concebia a educação para os pobres. Este trabalho é, então, um estudo de caráter bibliográfico sobre as elaborações teóricas de Calvino, elaborações essas que deram início a um sistema escolar autônomo e acadêmico, fundamentado por um modelo humanístico e de bases teológicas desse reformador protestante. Trata-se de um sistema educacional do século dezesseis que proporciona uma pedagogia de inclusão social. Sua maior contribuição foi, pois, desenvolver um pensamento crítico sobre a desigualdade social de seu tempo e interagir com essa realidade no sentido de modificá-la mediante a proposta de um protestantismo politicamente ativo, intimamente vinculado ao bem comum.

Palavras-chave


Protestantismo; Reformas educacionais; Calvinismo

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v42i0.2664

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Direitos autorais 2016 Protestantismo em Revista

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400