Perpetuação de status social e político para além da morte: um estudo das homenagens post mortem de São Borja (RS)

Ronaldo Bernardino Colvero, Marconi Severo

Resumo


O presente artigo estuda as relações sociais e políticas presentes em torno dos memoriais post mortem, incluindo cemitérios e monumentos que homenageiam a antiga elite de São Borja (RS). Parte-se do pressuposto que a organização espacial, bem como o material usado nos memoriais, são reflexos do status político, social, econômico e cultural que uma determinada pessoa ou família possuíam em vida. Para fins de uma melhor abordagem, optou-se pela metodologia qualitativa, favorecendo o estudo sobre o papel destes personagens na formação atual do contexto municipal de São Borja e região de fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Verificou-se, também, que a hipótese se concretiza, pois a distinção de status e classe sociopolítica está inegavelmente mais presente nas homenagens póstumas de fins do século XIX e início do século XX, contudo, atualmente este comportamento encontra-se em uma fase de maior decadência expressiva, pois de fato, a expressão funerária é um espelho da sociedade dentro do cenário sociopolítico em que está inserida.

Palavras-chave


Mesmorias post mortem; comportamento cultural; Fenômeno Religioso.

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v42i0.2628


Direitos autorais 2016 Protestantismo em Revista

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400