Álvaro de Campos: sobre religiões e confeitaria

Anaxsuell Fernando da Silva

Resumo


Álvaro de Campos foi poeta e não escreveu nenhum livro. Dele dispomos de composições isoladas disponíveis a partir da obra do seu criador, o poeta português Fernando Pessoa (1888-1935). O heterônimo-engenheiro tinha especial interesse pela temática religiosa, muitas das imagens poéticas podem ser associadas a signos da religiosidade. Neste trabalho, fruto da pesquisa para dissertação de mestrado, discute-se a insatisfação desta personagem pessoana com as religiões institucionalizadas – de modo especial a Católica -, ressaltando a compreensão que Campos possui da interação entre mito e racionalidade e assim compreender sua perspectiva religiosa. Dando destaque à sua relação com o Protestantismo.

Palavras-chave


Fernando Pessoa; Religião; Antropologia da Literatura; Sociologia da Cultura; Álvaro de Campos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v19i0.2016

Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400